O ex-presidente FHC diz que não sabe como Lula ganhou as eleições para presidente. Vamos lembrá-lo então. Lula ganhou porque FHC fracassou. Ele pode não saber

Texto do intelectual Emir Sader, professor da USP e da UERJ. Extraído do site da Agência Carta Maior. O MUNDO PELO AVESSO

(EMIR SADER – 27/8/2005)

O ex-presidente FHC diz que não sabe como Lula ganhou as eleições para presidente. Vamos lembrá-lo então. Lula ganhou porque FHC fracassou. Ele pode não saber, mas o povo brasileiro, que o mantém como o mais rejeitado dos candidatos à presidência, sabe muito bem.

O ex-presidente FHC – o mais rejeitado dos candidatos à presidência da República, segundo pesquisas – diz que não sabe como Lula ganhou as eleições para presidente. Vamos lhe recordar algumas das tantas razões que o especialista em pedir que esquecessem o que escreveu esqueceu ou nunca soube: Lula ganhou porque o governo de FHC terminou em fracasso: a estabilidade monetária não significou que os pobres brasileiros pudessem tomar iogurte todos os dias, nem que pudessem colocar dentaduras e viajar para o exterior, como ele prometia.

Lula ganhou porque, ao contrário do que prometia FHC, os ministérios fundamentais do seu governo não foram os ministérios sociais, mas os ministérios econômicos, especialmente o da Fazenda – seu governo era Pedro Malan e mais dez.

Lula ganhou porque a inflação não foi liquidada, mas transferida para a dívida pública, levando o Estado brasileiro à falência e provocando a deterioração de todos os serviços públicos, assim como a capacidade de investimento do Estado.

Lula ganhou porque FHC promoveu o maior escândalo da história brasileira, com a venda a preço de banana de grande número de empresas, patrimônios da nação, construído com o esforço dos trabalhadores brasileiros, para grandes empresas nacionais e internacionais.

Lula ganhou porque nunca como no governo FHC a educação se privatizou tanto no Brasil, da mesma forma que nunca como antes as empresas privadas de saúde ganharam tanto.

Lula ganhou porque FHC multiplicou por onze o endividamento do Estado brasileiro, promoveu a deterioração dos serviços públicos, elevou o desemprego e diminuiu o poder aquisitivo dos salários.

Lula ganhou porque o grande empresariado brasileiro, amigo de FHC, goza das políticas econômicas que contemplam centralmente seus interesses, que não levam em conta o nível de emprego, a distribuição de renda e os direitos dos trabalhadores.

Lula ganhou porque FHC, que teve oito anos de mandato, comprou sua reeleição, sem ter nenhuma CPI, nem escândalo da imprensa, de quem era o queridinho, além de maioria absoluta no Congresso, enquanto a maioria do povo brasileiro passou a não ter carteira de trabalho assinada, a perder direitos sociais, a ter o desemprego elevado a níveis inéditos.

Lula ganhou porque os trabalhadores-sem-terra foram tratados como criminosos, como se tivessem introduzido a violência no campo, quando são vítimas privilegiadas da violência dos latifundiários e da polícia, enquanto lutam pelo direito de trabalhar, produzir, afirmar sua identidade pela educação e ganhar o direito de serem cidadãos.

Em suma, Lula ganhou porque FHC fracassou. Ele pode não saber, mas o povo brasileiro, que o mantém como o mais rejeitado dos candidatos à presidência, sabe muito bem. O povo tem memória e por isso diz: FHC, nunca mais.

*** Emir Sader, professor da Universidade de São Paulo (USP) e da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), é coordenador do Laboratório de Políticas Públicas da Uerj e autor, entre outros, de “A vingança da História”.

Fonte: Agência Carta Maior (http://agenciacartamaior.uol.com.br//agencia.asp?coluna=boletim&id=1440)

Últimas notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *