Servidores participaram da sessão da Assembléia e foram recebidos na Casa Civil. Na sessão de terça-feira, 3, servidores da área de Saúde do Paraná participaram da sessão da Assembléia Legislativa. A pedido da deputada Luciana Rafagnin (PT), a coordenadora do Sindisaúde do Estado, Mari Elaine Rodela, usou o grande expediente para falar das dificuldades em que passa a saúde paranaense e da classe não receber reajuste há oito anos. Depois da sessão, os servidores acompanhados da bancada petista foram até o Palácio do Iguaçu onde foram recebidos pelo chefe da Casa Civil Caíto Quintana.

Caíto se comprometeu de manter um canal aberto entre o governo e os servidores. Também comentou da preocupação do governo em relação à saúde. Caíto informou que ainda esta semana colocará os servidores a par da real situação do Estado e que será discutida a possibilidade, ou não, de um reajuste salarial.

A deputada Luciana Rafagnin, que acompanhou os servidores, comentou que “sou a favor da reivindicação dos servidores, pois eles têm um trabalho estressante. É um trabalho no qual não podem errar, pois trabalham com a vida humana. É um direito deles, como também é necessária a legalização da jornada de 30 horas semanais”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *